A história de Jesus [SIMPLIFICADA]


O conteúdo deste artigo também está disponível em vídeo.

Há apenas uma história que responde às questões mais importantes da vida e que dá um sentido duradouro de propósito e significado. Uma história que inspira todas as outras histórias. A história verdadeira, que define a vida de cada um de nós!

Como tudo começou? Como todas as histórias! Essa história começa com um autor. Deus! Ele criou tudo através de sua palavra. Com uma palavra, apareceram as galáxias, as estrelas, os planetas e a Terra, que foi desenhada para que a vida florescesse.

Tudo o que Deus fez, foi gloriosamente bom e impressionantemente perfeito!

O destaque da criação de Deus foi o primeiro homem e a primeira mulher, Adão e Eva. Deus confiou aos seus amados filhos, tudo o que ele criou. Dando-lhes somente uma norma: não deveriam comer o fruto de uma árvore específica. Eles viveram em obediência amorosa, adorando a Deus como seu pai amoroso e desfrutando de perfeita harmonia com a Criação, um com o outro e com Deus.

Considerando nosso mundo hoje, é óbvio que a paz perfeita não durou. O caos, as guerras, as enfermidades e os problemas, cada um de nós tem a sua parcela de responsabilidade.

Mas o que deu errado?

Mas o que deu errado?

Tudo começou quando um anjo caído ficou com ciúmes de Deus e decidiu arruinar a perfeição da criação.

Tomando a forma de uma serpente, tentou Adão e Eva, para que colocassem em dúvida a vontade de Deus e se rebelassem com sua única norma. Em desobediência, eles comeram do fruto da árvore da Ciência do Bem e do Mal, e a paz chegou ao seu fim, dando lugar ao pecado e à morte, que nos assombram até os dias de hoje.

Se formos honestos, aceitaremos que somos muito parecidos com Adão e Eva. Afinal, todos nós nos rebelamos contra o nosso Pai celestial, carregando nossos corações com medo, culpa e vergonha.

Nossos corpos sofrem com doenças, aflições e a morte. A Terra é afligida com tormentas, calamidades e desastres. Para piorar, o pecado nos separou de Deus, causando uma divisão permanente, uma separação horrível, chamada “inferno”.

A conseqüência dessa separação tem sido catastrófica e aparentemente sem solução. O que nos deixa uma grande dúvida…

Será que existe alguma esperança?

Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nEle crer não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:16

Felizmente, o amor que moveu Deus para nos criar, também o moveu para nos enviar um salvador que poderia consertar nosso problema de separação de Deus.

E ao longo dos séculos, Deus compartilhou os detalhes exatos da vinda do salvador. Seu nascimento, sua vida e morte. Todas as histórias na Bíblia, se alinham a esse salvador.

Então, há mais de dois mil anos, Jesus veio a esta Terra, como Deus e como filho, para cumprir a promessa. Nascido de uma virgem.

Jesus cresceu e experimentou a vida na terra, mas ao contrário de nós, Jesus nunca pecou, nunca desobedeceu a Deus, nunca esteve separado dEle.

Aproximadamente aos 30 anos de idade, Jesus começou a treinar um grupo de pessoas, preparando-os para ensinar sobre um novo reino e realizando muitos milagres.

Depois de alguns anos, conforme as profecias, foi injustamente acusado e condenado a uma morte agonizante em uma cruz.

Jesus carinhosamente deu sua vida perfeita como um sacrifício, para pagar pelos pecados da humanidade.

Uma vida perfeita, em troca de vidas imperfeitas, um inocente, tomando o lugar de culpados, essa era a condição para salvar aqueles que não podiam se livrar da condenação de um vida injusta.

Mas a sepultura não podia segurá-lo para sempre como um mortal comum. Três dias depois, Deus o trouxe de novo para a vida.

Jesus derrotou o pecado e a morte, ressuscitando! Dando-nos a esperança de um dia, podermos fazer o mesmo.

Hoje, Jesus está sentado à direita de Deus, como o rei e juiz perfeito de um novo reino. Esta é a história do resgate de que Deus tem sido o autor.

Deus nos convida para que através de sua história de resgate, possamos fazer uma ressignificação de nossa vida, que possamos reconhecer que precisamos Dele e, pela fé, possamos escrever uma nova história.

Quando fazemos isso, todas as coisas mudam, e agora Ele tem um futuro para cada um de nós. Para todo aquele que confia em Jesus como seu salvador, Deus prometeu restaurar seu coração e libertá-lo do pecado, que o mantém prisioneiro, porque Deus é amoroso, misericordioso, perdoador, compassivo e fiel.

Deus também prometeu fazer todas as coisas novas, um dia haverá um novo céu, uma nova terra e para sempre livres do pecado.

Tudo o que causa dor e tristeza não existirá mais.

Deus também prometeu estar conosco para sempre. A partir do momento em que você confiar em Jesus, seu relacionamento com Deus será restaurado, porque Jesus removerá a separação causada pelo pecado.

Você quer conhecer esse Deus com todo o seu amor? Então comece hoje e continue para sempre, porque a história de Deus com você nunca terminará.

Você pode fazer da história de Deus a fundação de sua vida, exatamente neste momento através das seguinte ações:

  • Admitindo sua necessidade para o resgate;
  • Pedindo perdão pelos seus pecados;
  • Confiando que somente Jesus Cristo para resgatá-lo;
  • E seguindo a Jesus na fé a partir desse momento.

Essa é a história de JESUS! E você? O que fará com essa história?

Veja também a versão em vídeo deste artigo:

Clique aqui e saiba mais, sobre o livro digital, Jesus Meu Coach, que é baseado nas lições de Jesus Cristo sobre treinamento e liderança.





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *