Em continuidade ao artigo anterior, dissemos que Jesus foi um doutor na área da facilitação, treinamento e preparação de pessoas para assumirem suas missões. Ele como um Coach orientava seus seguidores a se manterem focados num só propósito.

Seu legado é repleto de ensinamentos atemporais. Certa vez, quando seus discípulos o procuraram para saber como ser o maior no Reino de Deus ele explicou-lhes: “Que o maior será o último e servo de todos” (Mc 9:33-37). 

Por quê Ele disse isso? 

Porque ele os estava preparando para serem como ele,  preparadores, orientadores, treinadores, coaches, servo de todos. 
Todo Coach geralmente não fica a exposição, “não joga”, mas o resultado dos jogadores está diretamente relacionado ao preparo que eles tiveram por meio do seu treinador.

Como cristãos, fomos chamados dente outras coisas para servir, facilitar, não para ser servido ou para ser o maior entre todos como alguém que tem que ser o primeiro, e para que isso aconteça faz-se necessário o treinamento ou preparação na prática. 

Um Coach está preocupado em preparar cada pessoa individualmente para que ela possa alcançar o seu futuro (Propósito).

Ser um Cristão verdadeiro é ser um servo, um treinador, um facilitador, um discipulador. É ser alguém que tem a missão de preparar outros para alcançar o seu propósito de vida.

Jesus não veio apenas para nos fazer pessoas melhores, Ele veio para nos redimir e transformar.
Toda a teologia da autoajuda centra-se na ideologia de que nós, como pessoas, não somos pessoas totalmente ruins, mas pessoas boas que fazem coisas ruins. Ao invés de ser o Deus que veio até nós para pagar por nossos pecados, Jesus é usado como um exemplo que devemos apenas seguir, simplesmente porque Ele viveu uma vida boa.

A Bíblia nos ensina que não somos apenas pessoas ruins, mas mau faz parte de nossa essência. Veja o que diz a Bíblia:
Romanos 5:12-15
Nós nascemos pecadores, inclinados para o mal, não fazendo o bem. 
Não há gigante interior para despertar em nós. 
Não há melhor versão de mim a ser descoberta. 
Há apenas um homem morto que deve ser vivificado. 
Há apenas uma velha criação que deve ser feita de novo. 
Jesus não veio para nos fazer sentir melhor sobre nós mesmos. 
Ele veio para nos mostrar que somos pecadores que precisavam ser salvos.

Por isso, Jesus é o melhor Coach que já existiu!

Em Cristo!

0 ComentárioFechar comentários

Deixe um comentário